16 de novembro de 2016

#FlatformFever

Por Rafael Vasconcelos

Xô salto agulha! Te vejo em breve meia pata. ;-* Na foto o novo modelo desfilado pela Prada

Xô salto agulha! Te vejo em breve meia pata. ;-* Na foto o novo modelo desfilado pela Prada

O salto do momento é Flatform e, mesmo sendo controverso, parece que ele veio para ficar!

A flatform começava a ensaiar sua volta através do verão 2011 na Prada de Miuccia que trouxe esse item “polêmico” lá em 2011, a miss MiuMiu sempre a um passo a frente, colocou nas suas passarelas e causou maior frisson entre as fashionistas super conectadas com as novidades fashion. A coleção de primavera 2014 da Marni que estabelece o diálogo sportswear hightech das releituras dos anos 90 começa a inspirar novas leituras. Essa pegada mais esportiva vem se tornando recorrente nas apresentações da marca italiana como na coleção resort 14/15.

 

E a clássica Chanel dirigida pelo Kaiser da Moda, Karl Lagerfeld também fez a sua versão. No Brasil a Melissa foi uma das marcas a apostar nesse tipo de sapato.

rosanna-georgiou-and-prada-spring-2011-rtw-platform-sneakers-gallery

O boom atual veio embalado pela Stella McCartney, em seu desfile de Inverno 2014/15 e que dominou o pé de 5 em cada 10 fashionistas.

PARIS, FRANCE - MARCH 03: A model walks the runway during the Stella McCartney show as part of the Paris Fashion Week Womenswear Fall/Winter 2014-2015 on March 3, 2014 in Paris, France. (Photo by Francois Durand/Getty Images)

O modelo mais hot do momento nas passarelas de Stella McCartney no Outono Inverno 14/15

O modelo, que lembra os creepers e tamancos dos anos 90 e início dos anos 2000, traz referências às Chopines: modelo que é característico do período medieval, principalmente pelas venezianas. Era uma forma de evitar a contaminação pela sujeiras, pois naquele período não havia saneamento básico nem as formas de higienes que nós conhecemos hoje. Os saltos chegavam a ter 20 cm de altura.  Similar as Chopines, há também o OKOBO, uma espécie de chinelo tradicional usado pelas japonesas que possui um tipo de plataforma reta de madeira.


Um adendo: a palavra flat em tradução livre significa algo que é liso, plano ou reto; ou seja que possuem a mesma altura do começo do pé até o final. Então o termo “flat” pode se referir não só as flatforms, mas também as rasteirinhas e sapatilhas.

Elle Fanning no looking Prada bem icônico. <3

Elle Fanning no looking Prada bem icônico. <3

O sapato também reapareceu em 2013 na coleção com mood japônico da Prada e fez sucesso nos pés de Ellen Fanning durante a pré-estreia do filme “Crepúsculo – Amanhecer, parte II”. A partir daí, isso impulsionou o modelo a estourar fazend0 com que as outras grifes famosas fizessem também! Seu BOOM definitivo se dá agora em 2016 <3

E depois desse “conversê” todo, temos dicas para quem quer usar e arrasar com as flatforms!

Então vamos lá:

Para quem deseja um look mais leve e para se adaptar as nossas altas temperaturas é combinar as flats abertas ou fechadas com short, essa união dá super certo. Quebrando o gelo de um look mais sério.

creepers

Os modelos que seguem a linha creeper/tênis ficam bem com calças combinando a cor do sapato (calça branca + sapato branco), mas sem perder o aspecto fun do look.

saia

Já as alpargatas e as sandálias vão super bem com vestidos e saias com ou sem estampa.

flatforms-with-socks-styled-punk-fashion

Para quem é mais clean, deixe que o ponto alto do seu look seja a flatform, pois é um sapato de ‘peso’. Mas quem gosta de lacrar pode fazer aquele look de impacto adicionando meias coloridas, dando um tom meio preppy ao look ou até mesmo adicionar referências japônicas, já que as flatforms lembram muito o Okobo.

A nossa conterrânea Candida Spetch tem opções bem baphonicas e só custa 179,00. Para quem desejar uma flatform para chamar de sua pode marcar horário no ateliê que fica no rio vermelho, rua Macaúbas, 722-B.

A nossa conterrânea Candida Specth tem opções bem baphonicas e só custa 179,00. Para quem desejar uma flatform para chamar de sua pode marcar horário no ateliê que fica no rio vermelho, rua Macaúbas, 722-B.

 

AH! E para quem pirou e já quer uma flatform para chamar de sua, o A TARDE MODA fez uma seleção incrível para você clicar e conferir os modelos já disponíveis para compra!

 

Buscar no blog