23 de março de 2017

A nova versão de Bela e a Fera vem cheia de novidades fashion

Por Rafael Vasconcelos

Um dos lançamentos mais aguardados do cinema para o primeiro semestre de 2017 é a nova versão do clássico A Bela e a Fera, que tem como interprete a Emma Stone – a eterna Hermione de Harry Potter – estreou no Brasil na última quinta, 16 de março. A atriz londrina teve papel importante na criação do icônico vestido amarelo para o live-action que é parte integrante da clássica cena de dança da história.

Desde o início do cinema se sabe a importância do figurino para contar histórias através das telonas da sétima arte. E Jacqueline Durran, figurinista do longa, conversou com o Entertainment Weekly e falou do processo de elaboração do vestido. Após realizar diversos testes com inúmeros tons de amarelos e tecidos que tivessem a combinação perfeita, assim ela optou por fazer a peça em seda com finalização de cetim, diminuindo a transparência com o tecido de organza.

A peça é volumosa abaixo da cintura, contém uma armação, porém o que dá volume são as camadas de tecido. Dando liberdade de movimentação a Emma Watson, que nesse remake buscou ressignificar a história de Bela, que aparece como inventora da família e tem uma inclinação feminista. O filme ainda chega balançando o mercado com o primeiro personagem gay em um longa da Disney, trazendo mais diversidade em suas histórias.

O vestido amarelo e o sapato com flores douradas pintadas à mão que são usados pela personagem, também tiveram papel ativo nessa mudança que a história ganhou para ser contada nos dias de hoje, como exemplo a ausência do espartilho – peça que dificulta a articulação da personagem, a qual a atriz negou-se a usar.

“Para Emma, era importante que o vestido fosse leve e que tivesse muito movimento”, afirmou Durran. “Na interpretação de Emma, Bela é uma princesa ativa. Ela não queria um vestido que tivesse espartilho ou que fosse impedí-la de qualquer modo.” Já os sapatos de Bela “são de salto, calçados do século XVIII, mas são algo com os quais Bela pode correr e pode usar e salvar seu pai.”

A própria Emma ressaltou a importância do vestido para o EW: “Eu realmente me dediquei a trabalhar com o vestido, me certificando de que fosse caprichoso e mágico”.

Já na sequência da dança, a atriz disse: “A cena na qual eu uso o vestido e danço realmente conta a história de Bela e Fera se apaixonando. Sabe, você não muito tempo na trama para contar essa história. A dança, para mim, é realmente onde o público começa a ver acontecendo e começa a saber que está acontecendo.”

“É um escapismo total, feliz”, prosseguiu ela. “Você é transportado para outro mundo. O vestido, a dança, o candelabro e a música — foi realmente divertido trabalhar em cada aspecto disso. Jacqueline Durran é uma pessoa maravilhosa e figurinista. Acho que ela fez um trabalho incrível.”

E o longa se revelou um fenômeno para o mercado fashion! Possuindo vários itens licenciados como maquiagem, tênis, joias e artigos de decoração.

A Bela e a Fera cravejado de cristais Swaroviski

Vamos começar falando da Swaroviski, marca conceituadíssima pelos seus cristais, que criou joias baseada na marcante rosa da película. Foram desenvolvidos colares, anéis e brincos que são parte de uma das linhas lançada pela marca, numa segunda chamada Crystal Living, contem com objetos de decoração – incluindo uma réplica da rosa na sua redoma de vidro, um verdadeiro sonho. <3

Confira em nossa galeria:

Há também uma linha de maquiagem desenvolvida pela L’Oreál inspirada no filme, com lançamento exclusivo no Amazon Itália. A linha conta com sete batons, sete esmaltes e um box comemorativo inspirado na história. Uma pena o item ser voltado ao mercado internacional com preço € 109.

Mas vocês pensam que acaba aí!? O remake ganhou uma linha de tênis que ficou incrível fruto de uma parceria com a New Balance, onde os looks da Bela foram homenageados em três modelos que já estão à venda.

São dois modelos de diferentes estampas criados para meninas e outros três para mulheres com valores que variam entre US$ 99 e US$ 119. Os três tênis podem ser usados tanto na academia quanto para criar um look casual, e já estão à venda no site oficial da marca nos Estados Unidos.

Entre as marcas brasileiras destacamos a especialista em acessórios de plástico, Melissa, deu mais uma re-roupagem a sua clássica Ultragirl. A nova collab: Ultragirl + A Bela e a Fera é a união de dois clássicos e a nossa nova história de amor.

 

Chegando pras fãs de todas as idades, nas três versões Mini, Mel e Adulto. Com a aplicação da rosa que simboliza o romance e na palmilha a ilustração da Bela e a Fera.

E para quem tem bebê, ainda tem uma segunda opção: com a Madame Samovar, o bule, e Zip, a xícara de chá – um dos personagens mais queridinhos da trama.

A linha de berloques Life by Vivara se inspirou na versão live action para criar oito pingentes esmaltados em homenagem aos personagens Bela, Sra. Potts, Chips, a Fera, entre outros.

Tendo preços que variam entre R$ 130 a R$190 e já estão à venda nas lojas e e-commerce da grife. Confira os modelos:

Para quem quer levar um pouco da magia desse clássico para casa, a Zona Criativa desenvolveu itens como: Copo, Almofada, Porta Joias, dentre outros itens que prometem transformar o ambiente. Com preços que variam entre R$ 49 e R$ 149.

Confira mais fotos dos itens em nossa galeria:


AH! E há também coleção de alta moda do designer Christopher Kane feita em conjunto com Disney para uma coleção exclusiva de cápsulas inspirada no “A Bela e a Fera”. A linha já está disponível numa linha que apresenta uma gama de vestuário e acessórios com materiais que são eticamente originais.

De t-shirts adornadas com rosas até um vestido de lã misturada passando por camisolas gráficas. Estas produções  originais se encaixarão perfeitamente no seu guarda roupa. Confira alguns dos looks que estão disponíveis na Selfridges.com .

A Bela e a Fera estreou nos cinemas dia 16 de março de 2017. No elenco do filme estão: Emma Watson como Bela; Dan Stevens como a Fera; Luke Evans como Gaston, o belo, mas superficial camponês que corteja Bela; Kevin Kline como Maurice, pai de Bela; Josh Gad como Le Fou, o lacaio sofredor de Gaston; Ewan McGregor como Lumière, o candelabro; Stanley Tucci como Cadenza, o cravo; Gugu Mbatha-Raw como Plumette, o espanador de penas; Audra McDonald como Madame De Garderobe, o guarda-roupa; Hattie Morahan como a feiticeira; e Nathan Mack como Zip, a xícara de chá; com Ian McKellen como Horloge, o relógio; e Emma Thompson como o bule de chá, Madame Samovar. Dirigido por Bill Condon e baseado no filme de animação de 1991, A Bela e a Fera tem roteiro de Evan Spiliotopoulos, Stephen Chbosky e Bill Condon e produção de David Hoberman, p.g.a. e Todd Lieberman, p.g.a. da Mandeville Films, com produção executiva de Jeffrey Silver, Thomas Schumacher e Don Hahn. Alan Menken, que venceu dois Oscars® (Melhor Trilha Original e Melhor Canção) pela animação, fornece a trilha, que inclui novas gravações das canções originais compostas por Menken e Howard Ashman, assim como três novas canções compostas por Menken e Tim Rice.

Zona Criativa SAC 11 2681-4020

Melissa – www.melissa.com.br

Loreal

Vivara

New Balance