26 de abril de 2018

Quarto dia de desfiles na SPFW: Lenny Niemeyer e Beira

Por: Verônica Portugal

 

A Lenny Niemeyer, marca de beachwear brasileira, inspirou-se nas mulheres pioneiras no desbravamento da fauna e flora do Brasil. Os elementos culturais regionais foram trabalhados sem parecer óbvio. As tramas de palhas foram trabalhadas como inspiração para estampas, e apareceram também como uma espécie de bordados nas roupas. É interessante pontuar a presença igualitária de modelos negras no desfile, coisa que infelizmente se vê muito pouco nas passarelas, mesmo num país como o Brasil.

 

 

A marca carioca Beira fez sua estreia na SPFW, seguindo na estética minimalista já trabalhada pela diretora criativa, Lívia Campos. As peças foram produzidas a partir de fibras 100% naturais, além de um tecido em jeans que combina algodão e PET, e seda ecológica, feita em processo de tecelagem artesanal que reaproveita casulos que seriam descartados. As roupas também tem uma pegada “sem gênero”, (mas qual roupa tem gênero?) que é característica da marca, dando preferências a modelagens amplas que não marcam muito o corpo. O styling seguiu a mesma ideia de liberdade do corpo, com as modelos de cabelos soltos, em movimento natural e pouca maquiagem.

 

Fotos: FFW

Buscar no blog