10 de julho de 2018

Flare, reta, skinny: Os vários tipos de calças femininas

Por: Verônica Portugal

 

Você é do tipo que fica confusa com as infinitas nomenclaturas dadas para os artigos do vestuário? A gente decidiu te ajudar, e a partir de hoje, vamos fazer uma série de posts com guias sobre as diferentes peças do guarda roupa feminino, seus nomes e diferenças de um para outro. Pode parecer besteira entender sobre isso, mas, na hora de fazer compras ou de buscar referências na internet sobre um look específico, é importante saber o que se está procurando, e facilita muito o processo.

Imagina se você quiser encomendar em uma costureira uma calça pantalona, de modelo envelope. Como explicar para ela sem ter uma referência? Além disso, para quem gosta de viajar nas opções e variedades do mundo da moda, é sempre interessante e divertido conhecer um pouco mais, né? Então vamos lá.

As calças femininas podem ter vários nomes diferentes de acordo com o seu tamanho (capri, cigarrette, longa), ou de acordo com a sua abertura. Nesse quesito, elas podem ser: skinny, reta, flare ou pantalona. E a definição é nessa ordem mesmo: a calça skinny é aquela toda justinha nas pernas, das coxas até os pés. A reta, como o nome já diz, tem o corte simétrico, que forma uma linha reta do quadril até a parte de baixo, sem desenhar no corpo.

 

A calça skinny, acima, e abaixo a calça reta

 

Já as calças flare e pantalona podem se confundir, mas são diferentes. A flare é aquela que é justa na parte das coxas e começa a abrir levemente na altura dos joelhos, formando uma “boca” mais volumosa. Nossas mães e avós costumam chamar esse modelo de boca de sino ou pata de elefante. Já a pantalona começa a angular para fora desde o quadril, por isso, é muito mais aberta e volumosa, chegando a parecer até uma saia.

 

A calça acima é a flare e a de baixo é a pantalona! E aí, conseguiu perceber as diferenças entre os modelos? Qual tipo de calça você costuma usar mais no dia a dia?

Fotos: Pinterest

Buscar no blog